Fair-play financeiro e elenco forte: a imprensa evoluiu em um ano

Fair-play financeiro e elenco forte: a imprensa evoluiu em um ano

Estamos evoluindo na imprensa esportiva.

Não se fala mais em "fair-play financeiro" quando um clube faz a limpa nas prateleiras do mercado como muito bem faz o Flamengo e bem fazia o Palmeiras nos anos anteriores.

Evoluímos. Amadurecemos. Ou não somos mais clubistas ou bairristas (fora os casos já conhecidos e sem cura, muito menos curadores, e chefes responsáveis. Mais responsáveis do que chefes pela distorcida jornalística.

Também não colocamos mais questões pertinentes de modo impertinente como "o elenco vai rachar com tanta gente boa", "vai ter muito biquinho virado na reserva" e o manual básico do jornalista no capítulo "crise no grande clube com dinheiro".

Desde que o bicho é homem e desde que o jornalismo caça clique e claque que se analisa rechear um elenco de craques como um "mau negócio". Ótimo deve ser ter um monte de perebas que não criam problema no vestiário. E muito menos solução em campo.

Quero crer que evoluímos. Não quero acreditar que seja apenas porque a maioria torce contra os outros e a favor da maioria.

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.