Federação Paulista recebe com 'estranheza' a decisão do Governo para volta aos treinos no dia 1º de julho

Federação Paulista recebe com 'estranheza' a decisão do Governo para volta aos treinos no dia 1º de julho

(Foto: Divulgação / SE Palmeiras)

Após o Governo de São Paulo anunciar, na manhã desta quarta-feira (17), que os clubes da Série A1 do Paulistão poderão retornar aos treinos presenciais no dia 1 de julho, a Federação Paulista de Futebol (FPF) emitiu uma nota afirmando que recebeu essa decisão com 'estranheza'.

O motivo para a estranheza se dá porque havia grande expectativa, por parte da Federação e dos clubes, de que os treinamentos presenciais seriam liberados para essa semana. Segundo a nota, com o adiamento desse retorno, "os profissionais do futebol, que dependem de seu condicionamento físico para exercer suas atividades, seguem impedidos de trabalhar, sem que haja uma explicação plausível e científica."

Além disso, a entidade anunciou que convocará uma reunião com os 16 clubes do campeonato, que será marcada para as 16h de amanhã, para tratar do assunto.

Confira a nota oficial da FPF:

A Federação Paulista de Futebol recebeu a informação, a partir da entrevista coletiva concedida pelo Governo do Estado de São Paulo, de que os treinos dos clubes da Série A1 do Campeonato Paulista poderão ser retomados somente a partir do dia 1º de julho.

O anúncio, com o distante reinício das atividades, causou estranheza, já que o Protocolo de Retomada Gradual aos Treinos preza, em primeiro lugar, pela saúde de todos envolvidos.

Assim, os profissionais do futebol, que dependem de seu condicionamento físico para exercer suas atividades, seguem impedidos de trabalhar, sem que haja uma explicação plausível e científica.

A Federação Paulista de Futebol convocará uma reunião virtual com os 16 clubes para esta quinta-feira, 15h, para tratar do tema.

  • Guilherme Paladino

    Guilherme Paladino

    Palmeirense, estudante de jornalismo na UNESP, com passagem pelo Torcedores e atualmente setorista no Nosso Palestra. Apaixonado por jornalismo e por esportes. "A bola não entra por acaso."