Felipão mantém rodízio e usa 23 jogadores em três rodadas, sete a mais do que Roger no mesmo período em 2018

Felipão mantém rodízio e usa 23 jogadores em três rodadas, sete a mais do que Roger no mesmo período em 2018

(Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras/Divulgação)

Luiz Felipe Scolari manteve o rodízio no elenco do Palmeiras neste início de temporada e, após três rodadas disputadas no Campeonato Paulista, utilizou 23 jogadores.

Em comparação com o mesmo período do ano passado, quando o time era comandado por Roger Machado, somente 17 atletas tinham entrado em campo nos três compromissos iniciais. Na ocasião, o treinador buscava encontrar a equipe ideal no começo de trabalho.

Agora, Felipão repete o modelo vitorioso de 2018, quando conquistou o título brasileiro e chegou às semifinais de Copa do Brasil e Libertadores.

Outro detalhe que chama atenção é a quantidade de jogadores que atuaram nas três partidas. Com Felipão, somente cinco deles entraram em campo em todas: Dudu, Felipe Melo, Lucas Lima, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa. Desses, o camisa 7 foi o único titular nas três. Com Roger, 11 dos 17 atuaram em todos os compromissos iniciais.

O Palmeiras inscreveu 24 atletas dos 26 que tem direito e apenas Jean, último a fazer parte da lista, ainda não entrou em campo. Ele ficou no banco de reservas na vitória sobre o São Caetano por 2 a 0.

Jogadores utilizados em 2019:
Weverton – 1 jogo
Prass – 1 jogo
Jailson – 1 jogo
Mayke – 2 jogos
Marcos Rocha – 1 jogo
Luan – 2 jogos
Gustavo Gómez – 2 jogos
Antonio Carlos – 1 jogo
Edu Dracena – 1 jogo
Diogo Barbosa – 2 jogos
Victor Luis – 1 jogo
Felipe Melo – 3 jogos
Thiago Santos – 2 jogos
Bruno Henrique – 3 jogos
Lucas Lima – 3 jogos
Scarpa – 3 jogos
Zé Rafael – 1 jogo
Moisés – 1 jogo
Dudu – 3 jogos
Borja – 2 jogos
Deyverson – 2 jogos
Carlos Eduardo – 2 jogos
Felipe Pires – 2 jogos

Jogadores utilizados em 2018:
Jailson – 3 jogos
Marcos Rocha – 2 jogos
Mayke – 1 jogo
Antonio Carlos – 3 jogos
Thiago Martins – 3 jogos
Juninho – 1 jogo
Victor Luis – 3 jogos
Felipe Melo – 2 jogos
Tchê Tchê – 3 jogos
Thiago Santos – 2 jogos
Bruno Henrique – 3 jogos
Lucas Lima – 3 jogos
Willian – 3 jogos
Dudu – 3 jogos
Borja – 3 jogos
Keno – 3 jogos
Guerra – 1 jogo

  • Rafael Bullara

    Rafael Bullara

    Formado em jornalismo, foi editor do Lance!, onde ficou por 12 anos. MBA em Gestão e Marketing Esportivo na Trevisan Escola de Negócios