Mudança de estilo e eficácia nos desarmes: a boa fase de Lucas Lima

Mudança de estilo e eficácia nos desarmes: a boa fase de Lucas Lima

Foto: Cesar Greco/AG.Palmeiras/Divulgação

Visão de jogo e precisão nas assistências sempre foram as grandes características de Lucas Lima. Virtudes que a todo momento contrastaram com o fato do meia ser pouco participativo quando não tem a bola sob seus domínios. Esse cenário, ao que parece, está mudando.

Contra a Chape, no último domingo, por exemplo, os números mostraram essa nova versão do camisa 20.

Além dos 24 passes trocados, e das duas assistências para finalização, segundo dados do site FootStats, há uma análise atípica que chamou a atenção: ele foi o atleta com o maior número de desarmes da equipe alviverde com três roubadas de bola. Para ser ter uma ideia, o volante Felipe Melo desarmou uma vez. Bruno Henrique, nenhuma.

Ao término da partida, na zona mista, o próprio jogador diz estar se adaptando às novas funções reivindicas por Felipão.

“Tenho que ajudar na marcação, dar profundidade. Nunca foi a minha característica, e o professor tem me cobrado muito nisso, ressaltou Lucas Lima.”

Na visão de Scolari, que enfatizou que dará sequência ao camisa 20 na equipe titular, as atribuições solicitadas ao meia tem servido para torná-lo um jogador mais completo.

“Ele tem se empenhado mais na marcação também, que é uma coisa que ele ainda tinha dificuldade. Mas isso já foi superado.”

São quatro atuações no campeonato brasileiro 2019 com sete desarmes. No duelo de ontem, o único jogador em campo que se igualou à Lucas Lima foi o volante Márcio Araújo, da Chape, com os mesmos três desarmes.

Quarto atleta que mais atuou na era Roger Machado, foram 43 jogos até agosto de 2019, Lucas perdeu espaço após a conquista do Decacampeonato. Nesse início da busca pelo hendeca, o criativo parece ter retomado o caminho da titularidade.

Espera-se ainda um crescimento na quantidade de finalizações e números de gols marcados.

Tirá-lo da zona de conforto e motivá-lo a buscar novas características podem ser os primeiros passos para extrair do camisa 20 alviverde o que todos esperam: um jogador cerebral e dinâmico, decisivo para o Palmeiras.