Bicampeão brasileiro, Jaílson volta ao palco de seu 1º jogo com a camisa do Palmeiras

Bicampeão brasileiro, Jaílson volta ao palco de seu 1º jogo com a camisa do Palmeiras

Fotos: Cesar Greco/ Ag. Palmeiras/ Divulgação

O confronto entre Sampaio Corrêa e Palmeiras nesta quarta-feira, 21, ás 19h15 em São Luís (MA), pelo primeiro jogo das oitavas de final da Copa do brasil, terá um gosto mais do que especial para o goleiro e ídolo palmeirense Jaílson.

Foi diante do time maranhense no mesmo palco do duelo desta noite, que um dos grandes personagens do Eneacampeonato Brasileiro do Verdão, fez o seu primeiro jogo pelo clube.

Comandado por Oswaldo de Oliveira, o Palmeiras encarou o Sampaio ainda pela segunda fase da Copa do Brasil de 2015, torneio que o clube conquistaria no final daquele ano.

Jaílson ganhou a vaga do titular Fernando Prass e aos 33 anos jogou o seu primeiro jogo oficial com a camisa palmeirense. Ele já havia disputado dois amistosos no início do ano, diante do Shandong Luneng e RB Brasil.

Naquela noite, o Palmeiras de Gabriel Jesus e Cristaldo até saiu na frente com um gol de Churry, mas sofreu o empate dos donos da casa nos minutos seguintes. Na volta em São Paulo, goleada por 5 a 1 e vaga garantida para a próxima fase.

Jaílson seguiu sem receber muitas chances no ano de 2015. Porém em 2016, o goleiro recebeu a grande responsabilidade de substituir o já ídolo Fernando Prass, que havia sofrido uma grave lesão no cotovelo.

O hoje camisa 42 entrou no time para nunca mais sair. Com atuações e defesas inesquecíveis, Jaílson não perdeu um jogo sequer na campanha do título brasileiro de 2016, e entrou de vez na galeria de grandes goleiros que fizeram história no clube.

Jaílson está com a delegação do Palmeiras em São Luís, e pode ser uma das surpresas de Felipão para o jogo de hoje. Ele e Fernando Prass disputam a vaga no time titular, uma vez que Weverton deve ser poupado.

29424790132_19ec3ca2a4_z

Jailson Marcelino dos Santos chegou ao Palmeiras em outubro de 2014, possui 74 jogos, dois títulos brasileiros e um título da Copa do Brasil com a camisa alviverde.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 27 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!