O suficiente: Palmeiras 1 x 0 Cruzeiro

O suficiente: Palmeiras 1 x 0 Cruzeiro

O Cruzeiro ainda vai sofrer muito no returno. Porque os principais jogadores não estão bem, ou parecem não estar nem aí (não Fred, que ao menos se esforçou muito). Os jovens têm potencial como o zagueiro Cacá. Mas quando a fase é ruim, para não dizer pavorosa, a equipe praticamente não concedeu chances ao campeão do Brasil na casa dele até sofrer o gol aos 45, quando Bruno Henrique aproveitou a única boa finalização palmeirense no Allianz Parque.

O zero a zero com gol na primeira etapa fez com que o jogo fosse um pouco melhor no segundo tempo. O Cruzeiro tentou sair mais para o jogo, explorando mais Pedro Rocha pela esquerda. Mas Marquinhos Gabriel por dentro e David pela direita pouco fizeram. O jovem Ederson ajudou Henrique a anular Scarpa. Mas não mais do que isso. Os laterais sentiram o peso da fase. O Cruzeiro só teve mesmo um lance de perigo, aos 5 minutos do primeiro tempo, quando Weverton fez duas grandes defesas.

Mais não fez. O Palmeiras melhorou com mais espaço nos 45 finais. Teve um lance discutível de pênalti em Zé Rafael no final Dudu criou pela direita muito bem. Só não foi melhor do que Felipe Melo, imperial à frente da zaga, e ainda armando os poucos lances paulistas num jogo que não foi bom do Palmeiras. Ou não tão bom e eficiente como ainda será a equipe no returno. Ou como foram Felipe Melo e Dudu na etapa final.

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.