Palmeiras decide Supercopa Sub-20 diante do Flamengo nesta quarta-feira

Palmeiras decide Supercopa Sub-20 diante do Flamengo nesta quarta-feira

Foto: Fabio Menotti/Ag. Palmeiras

O ano de 2019 acabou para o profissional do Palmeiras, porém a base do clube ainda tem alguns compromissos antes do ano novo chegar. Além da disputa da Copa-RS, o Sub-20 do Verdão começa a decidir hoje a Supercopa do Brasil Sub-20.

Atual campeão da Copa do Brasil da categoria, o Verdão vai encarar na final o atual campeão Brasileiro Sub-20, Flamengo, que coincidentemente derrotou o Palmeiras na grande final da competição na qual o Palmeiras defendia o título.

O primeiro jogo da grande final acontece nesta quarta-feira, às 20h, em Saquarema, Rio de Janeiro.

Já o título será decidido no próximo domingo, 22, às 14, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara.

O Palmeiras nunca conquistou a Supercopa do Brasil Sub-20 e vem embalado do título da mesma competição só que pelo Sub-17, também contra o Flamengo.

O inédito título pode ser muito importante para o Palmeiras, uma vez que o time campeão da Supercopa ganha a vaga para participar da Copa Libertadores Sub-20.

No ano passado, o Verdão perdeu o título nos pênaltis para o São Paulo.

“Mudou muita coisa de um ano para cá. O time que jogou a última Supercopa principalmente. Esperamos que dessa vez seja diferente, com o título vindo para o nosso lado. A maioria destes garotos vai participar da Copinha, e essa final é muito importante para nós. Vamos brigar pelo troféu e também garantir nosso lugar na Libertadores Sub-20 no ano que vem”, declarou Wesley Carvalho, treinador do Sub-20 do Palmeiras.

Se vencer a Supercopa do Brasil Sub-20, o Palmeiras pode se isolar como maior campeão nacional também na base – competições organizadas pela CBF. Atualmente empatado com o São Paulo, o Verdão conquistou cinco títulos: Copa do Brasil Sub-17 (2017 e 2019), Supercopa do Brasil Sub-17 (2019), Copa do Brasil Sub-20 (2019) e Brasileiro Sub-20 (2018).

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!