Com ou sem titulares, Palmeiras deve jogar pela sua honra no Maracanã

Com ou sem titulares, Palmeiras deve jogar pela sua honra no Maracanã

Foto: César Greco/Ag. Palmeiras

O técnico Mano Menezes pode poupar alguns atletas do Palmeiras para o duelo diante do Fluminense nesta quinta-feira, 28, no Maracanã pela 34ª rodada do Brasileirão.

A possível decisão de Mano gerou revolta de alguns palmeirenses nas redes sociais.

Atletas como Gustavo Gómez e Felipe Melo, lesionados, não foram para o Rio de Janeiro.

O capitão Bruno Henrique que jogou 17 das 18 partidas de Mano no Verdão, também pode ser poupado.

Mano disse em coletiva após a derrota para o Grêmio que Edu Dracena e Antônio Carlos poderiam ganhar uma chance. Os dois que atuaram bastante em 2018, ainda são os únicos que não jogaram nenhum minuto com o novo treinador.

Essa não é a primeira vez que Mano decide poupar alguns atletas do Palmeiras. Na primeira vez, vitória suada sobre o Vasco em São Januário.

Independente de quem entre em campo, o Palmeiras deve honrar as suas cores e buscar uma vitória que já não vem há três rodadas neste brasileiro.

A torcida alviverde não está preocupada com quem vai entrar em campo. Mas sim com o rendimento e principalmente o comprometimento de quem vai representar o clube.

Em um momento onde o Flamengo mesmo campeão da Libertadores e após 3 dias de festa, consegue golear o Ceará. E o Atlhetico-PR, atual campeão da Copa do Brasil, está há 10 jogos sem derrota no campeonato, mesmo garantido na Libertadores, as atuações pouco inspiradas do Palmeiras ficam cada vez mais entediantes e revoltantes para o torcedor.

Está na hora de respeitar a torcida. A camisa. E sua história.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!