Palmeiras iguala campanha do Corinthians de 2017, e faz melhor início de BR da sua história nos pontos corridos

Palmeiras iguala campanha do Corinthians de 2017, e faz melhor início de BR da sua história nos pontos corridos

Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

O Palmeiras derrotou a Chapecoense neste último domingo e chegou à sua sexta vitória neste Brasileirão 2019 (contando com o triunfo sobre o Botafogo que está temporariamente suspenso). Com 19 pontos em 21 em disputa, o Verdão faz a sua melhor campanha na história dos pontos corridos, e iguala a campanha do Corinthians, que em 2017 também tinha 19 pontos em 7 rodadas.

Para efeito de comparação, nas duas campanhas em que o Verdão ficou com o título brasileiro, em 2016 e 2018, os números eram menores do que o dessa atual temporada.

Em 2016, o alviverde de Cuca tinha 15 pontos após os sete primeiros jogos do torneio nacional.

Já na campanha do deca, o Verdão fazia uma campanha até pior. O time até então comandando por Roger Machado, somou 11 pontos nas primeiras sete rodadas.

Em 2017, ano em que o Palmeiras terminou com o vice-brasileiro, o time tinha somente 7 pontos na mesma altura deste ano. O Corinthians, campeão do torneio, passou o primeiro turno inteiro sem derrota.

A campanha de 2019 já é o melhor início da história do Verdão nos pontos corridos. Nunca o time havia conseguido chegar na sétima rodada com 6 vitórias e um empate.

Para garantir o bicampeonato brasileiro, a equipe de Felipão precisaria manter um aproveitamento na casa dos 60% para chegar aos 73 pontos nessas 31 rodadas restantes, o que seria uma possível pontuação necessária para ser campeão brasileiro.

72 pontos é o máximo que um vice-líder fez até hoje na história dos pontos corridos do BR com 20 times.

Com 30 jogos invicto no Brasileirão, o alviverde não perdeu ainda com Scolari na competição desde à volta do pentacampeão, em agosto de 2018.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!