Pé quente, Willian volta a brilhar em uma estreia de Mano Menezes

Pé quente, Willian volta a brilhar em uma estreia de Mano Menezes

(Foto:Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

Peça fundamental na conquista do deca em 2018, com gols e assistências, o atacante Willian marcou pela primeira vez em 2019 na vitória por 2x1, de virada, diante do Goiás. A partida de ontem marcou o início do trabalho do técnico Mano Menezes no Verdão.

Vale lembrar que o Bigode passou o primeiro semestre inteiro tratando de uma lesão no ligamento cruzado do joelho e voltou a jogar após a Copa América, alternando bons e maus momentos.

Diante do Grêmio, pela semifinal da Libertadores, o camisa 29 teve duas boas chances de marcar, mas acabou desperdiçando, em jogo que resultou na eliminação do Alviverde da comepetição sul-americana.

Um fato curioso é que essa não é a primeira vez que Willian deixa sua marca em estreias do técnico Mano Menezes. Em 2015, no debute do comandante na sua primeira passagem pela equipe mineira, o atacante pé quente fez 4 gols diante do Figueirense (o Cruzeiro venceu por 5x1, na ocasião).

Totalmente recuperado e com confiança após o reencontro com o gol, Willian deve ganhar espaço com Mano, haja vista a preferência do treinador por atacantes com boa movimentação para o comando do ataque.

Com 35 bolas na rede pelo clube, Bigode é o segundo maior artilheiro do atual elenco, atrás somente de Dudu. O atleta também empatou com o Edmundo na 7ª posição dos principais goleadores do século. O líder é Dudu, com 64 tentos.