Vale a pena toda essa dedicação?

Vale a pena toda essa dedicação?

Foto: Futebol de campo.net

Por Maxuel Souza - Torcedor Alviverde

Depois de uma desclassificação igual a esta de ontem, fiquei pensando nisso.

Será que outros torcedores também pensam isso? Será que estou exagerando?

Vamos pensar: O torcedor é o maior bem de um clube, sem o torcedor nada faria sentido. Sem o torcedor não existiria a grandeza e motivos para investir e se tornar uma potência. Sem o torcedor o clube seria apenas mais um clube na cidade de SP. E olha, tem muitos por aí...

Bom, se o torcedor é o principal motivo, acredito que tudo seja feito e pensado para agradar este torcedor. E com isso os torcedores consomem tudo que é deste clube! Até aí acho que tudo segue em linha.

Afinal, pelo último balanço do Itaú vimos que nós torcedores, fomos o maior investidor do clube.

Fomos o “mecenas”, já que agora está na moda desmerecer nossos feitos.

Vamos voltar a questão. Vale a pena toda essa dedicação? Vale a pena abdicar dos compromissos para assistir na TV, no Allianz, ou seja lá onde for? Viajar para assistir jogos fora como muitos fazem? Dedicar mais tempo para o clube do que para muitas outras coisas? Ler e assistir tudo sobre o clube?

Só ter simpatia por um clube e comemorar quando este é campeão é uma coisa. Viver intensamente, consumindo diariamente tudo sobre ele é outra.

Acredito que a resposta seja SIM!

Desde que todos os envolvidos: Jogadores, comissão técnica e diretoria tenham brilho no olho, sangue na veia e dedicação total para a busca dos nossos objetivos.

Que no final de tudo é fazer a torcida feliz!

Mas tenho minhas dúvidas se isso está acontecendo.

Não podemos ser desclassificados de um campeonato sem ver uma dedicação plena.

Não podemos deixar de vencer clássicos jogando como se fosse amistoso.

Todos os jogos são importantes, mas um clássico e um jogo de mata-mata são diferentes, tem que entregar mais do que tem para entregar.

Perder um mata-mata ou um clássico entregando tudo que podem dói, mas passa.

Agora sem essa entrega dói muito e nos faz pensar se vale a pena toda essa dedicação...